Twittando‏

sexta-feira, 25 de março de 2011 4 comentários


Tenho o hábito de ligar meu PC de manhã, e abrir todos os jornais eletrônicos possíveis, como já disse aqui “ávidos por novidades” e hoje me deparei com uma notícia que me deixou de veras feliz: Rafinha Bastos (Brasileiro e apresentador do CQC) considerado uma das pessoas mais influentes do Twitter pelo jornal New York Times, e como todos sabem se o twitter fosse um país ele teria 105 milhões de habitantes e o Rafinha Bastos seria, bem, o Presidente do Mundo.

Vamos entender essa notícia e porque para nos ela é tão importante. O Twitter que para alguns mestres e estudiosos de comunicação não é considerado uma rede social, acabou se tornado a maior vitrine virtual do mundo. O que acontece naquele quadrado que você só pode escrever apenas 140 caracteres é como uma ação instantânea, os olhos ficam vidrados, esperando notícias, o que está acontecendo e o que acontece no mundo. Elizabeth Taylor morreu nesta quarta-feira, dia 23/03 e antes de chegar a notícia na TV já sabíamos pelo Twitter o ocorrido.

Um publicitário precisa sempre estar à frente da notícia, quem é o primeiro sempre tem a vantagem na corrida, podemos cometer mais erros, mas seremos lembrados sempre como os primeiros. Você pode ter a sua maneira de receber notícias, seja por fax, e-mail ou sinal de fumaça, mas tenha a sua. Se isso aqui fosse um discurso no meu mundo do Twitter eu já estaria desclassificada e com os meus caracteres só teria tempo de dizer: “@rafinhabastos, o + influente do twitter segundo NYTimes. Publicitários que tem interesse por news precisam estar sempre ligados.”

Um bom final de semana a todos e estejam sempre conectados!

 Por Hellen Oliveira

4 comentários:

  • Alonso disse...

    Acredito q as redes sociais tem feito seu papel de socialização não só de pessoas mas como noticias! Considero o Twiter um microblog e ferramenta fundamental no serviço e nos noticiais. A exploração dessa ferramenta para fins publicitarios ja vem sendo utilizada desde o NY Times até o sr Chule... afinal todos se promevem pulicitariamente querendo atrais mais seguidores! Twitter e Publicidade sempre CONECTADOS

  • José Alessandro disse...

    Concordo plenamente com a opnião de "D Augusto e Alonso", mas também não devemos nos esquecer do contato fisico, não ficando somente com contatos virtuais, como poderemos ter confiança nas informações citadas, em qualquer rede social, pois infelizmente temos pessoas que usam a inteligencia para finalidades lucrativas prejudiciais.
    E no caso do Twitter, que nem sempre o número descomunal de seguidores aumenta a credibilidade de um perfil.
    Conforme reportagem da "Veja"

  • Vivian F. disse...

    Concordo com o D Augusto,acho que conhecendo todas as formas de comunicação você vai acabar sabendo como lidar com o público,englobando usuários de perfis distintos numa só vez. O blog de vocês está ficando cada vez melhor,beijos e sucesso!

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 . | TNB